machine-unreadable

Conteúdo para máquina ler

O Seth Godin sempre foi nossa inspiração. Não conhecemos ninguém que traduza melhor do que ele os outros pontos de vista na comunicação.

Em tempos em que produzimos em escala para entrar na guerra por cliques, este texto fala tudo o que acreditamos: conteúdo só faz sentido se é feito para pessoas.

Aqui uma tradução livre nossa para Machine unreadable de Seth Godin:

Ilegível por máquinas

Cada dia mais, criamos nosso trabalho para ser lido por máquinas.

Especialistas em SEO lhe dizem como escrever um post de blog de que o Google irá gostar. Seu texto precisa ter as palavras-chave certas para ser identificado. Tudo tem um ISBN, um ASIN ou um número de catálogo. Ideias se transformam em dados que se tornam bases de dados…

Fizemos a mesma coisa quando apareceu a linha de montagem. Todas as partes tinham o mesmo tamanho, a engrenagem do sistema era menos importante do que o próprio sistema.

Ser legível por uma máquina deve ser como estar em um atalho para chegar onde você está indo. Afinal, fazer uma engrenagem legível por máquinas caber em uma base de dados de ideias garante um início rápido. Mas também é a melhor forma de ser ignorado, porque você escolhe ser um entre muitos, uma ideia que é facilmente arquivada e então ignorada.

O que acontece se o seu trabalho se torna ilegível por máquinas?

É tão novo que não temos uma resposta para isso.

Tão imprevisível que não podemos ignorar.

Tão importante que temos que parar de alimentar bases de dados e começar, em vez disso, a prestar atenção…

 

E você, concorda? 

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz
Luana Fuentefria
Jornalista e Redatora
Formada pela PUCRS e com passagem por veículos de comunicação, passou uma temporada na Alemanha trabalhando com estratégias de marketing digital. É apaixonada pelo mundo das letras, e acredita que uma boa história pode conectar pessoas e mudar o mundo.